Epidemiologista júnior

Vaga fechada no dia 22-07-2022 Local : Maputo Cidade
Vaga

Epidemiologista júnior

Epidemiologia, estatística e ciências de saude

Local : Maputo Cidade

O Centro de Investigação em Saúde de Manhiça (CISM) é uma instituição de prestígio em investigação biomédica, torna público que pretende recrutar para o seu quadro de pessoal, um Epidimiologia.

A vaga esteve disponível até o dia 22-07-2022


Avaliação
  Nível académico exigido : Licenciado
  Estado académico aceite : Concluido

  Estado do curso aceite: Concluido

  Profissão : Epidimiologia
  Experiência profissional de 3 anos

  Documento obrigatório : Curriculum Vitae
  Nacionalidade : Moçambicana
  Línguas exigidas : Português
  Idade entre 18 à 35 anos
  País da vaga : Moçambique
  Para trabalhar em Maputo Cidade
Descrição da vaga

Será responsável por planear, implementar e supervisionar os estudos epidemiológicos com actividades de campo relacionadas com a vigilância, detecção e prevenção de doenças com enfoque para malária; participar no desenho de estudos epidemiológicos e na identificação de ferramentas para a recolha e análise de dados epidemiológicos; fazer visitas para avaliação do local de estudo, treinamento e supervisão dos trabalhadores de campo nas actividades de recrutamento de participantes e recolha de dados; trabalhar directamente com a equipa de coordenação de pesquisa na concepção de estudos com a componente molecular da malária e outros afins, elaborar procedimentos de estudos (PEE e POPs), conduzir uma análise de dados sólida e efectuar a monitoria e avaliação dos esforços em curso no país, para o controlo e eliminação da malária. Esta função vai requer também interação com responsáveis comunitários, representantes de saúde (provincial e/ou distrital) e outros intervenientes chaves conforme as necessidades do estudo e igualmente vai requer interação com uma variedade de instituições, incluindo o Programa Nacional de Malária, ISGlobal, Universidade de Califórnia São Francisco, Malária Consortium, Institute of Disease Modelling e a Fundação Bill and Melinda Gates. 

Requisitos

Licenciatura numa área relacionada (Epidemiologia, Estatística, Bioestatística, Ciências da Saúde, Ciências Biológicas ou outras áreas afins com um forte enfoque em análise de dados.

  Ter o Grau de mestre em áreas relacionadas é uma mais valia.

·       Pelo menos três (3) anos de experiência comprovada no sector da Saúde. Isso deve incluir ampla experiência em análise, gestão de informação, monitoria e avaliação;

·         Experiência em desenho, implementação e monitoria de estudos epidemiológicos;

·         Conhecimento de metodologias de avaliação, colecta e análise de dados;

·         Experiência com Sistemas de Informação em Saúde e Estatística Sanitária;

·         Experiência na implementação e utilização dos Sistemas de Informação para Saúde (p.e plataforma DHIS2);

·         Ter experiência na colheita de dados usando meios electrónicos (tablet ou smartphone);

·         Domínio de ferramentas de análise de dados epidemiológicos;

·         Experiência na concepção, realização e análise de inquéritos epidemiológicos;

·         Experiência em programação estatística e análise geoespacial (incluindo experiência com R, SAS, STATA, ArcGIS e/ou outro software relevante);

·         Capacidade para elaborar procedimentos operacionais padrões de estudo;

·         Experiência em actividades de coordenação de estudo, no âmbito de recrutamento, recolha de dados clinicos,  fazer UPLOAD, fazer o download do data set REDCap;

·         Experiência na Limpeza/edição em REDCap e resolução de “queries”;

·         Competências excepcionais na análise epidemiológica de dados de saúde e na aplicação de análises para a tomada de decisões;

·         Capacidade de gerenciar situações de alto estresse;

·         Habilidades de liderança e de resolução de problemas/conflitos;

·         Capacidade de trabalhar de forma independente e em equipa;

·         Boa compreensão das metodologias de pesquisa e ética da pesquisa;

·         Habilidade de comunicar efectivamente com vários tipos de audiência, incluindo leigos, pesquisadores e profissionais de saúde;

  • Altos níveis de proficiência em Microsoft Word, Excel, PowerPoint, e aplicações de Internet;
  • Proficiência na redacção de relatórios e outras comunicações escritas concisas;
  • Capacidade de trabalhar independentemente em ambientes remotos e não estruturados e de se adaptar a novos ambientes e desafios;
  • Capacidade de colaborar e operar como parte de uma equipa multi-cultural;
  • Competências excepcionais de comunicação escrita e oral;
  • Capacidade de equilibrar múltiplas prioridades e cumprir prazos exigentes;
  • Excelentes capacidades de comunicação interpessoal, oral e escrita;
  • Proficiência na comunicação oral e escrita em Português e Inglês;
  • Disponibilidade para viajar extensivamente (40-50% do tempo);

·                         Disponibilidade imediata e a tempo inteiro.

·         Conhecimento da malária, e/ou outras doenças infecciosas no país;

·         Experiência de trabalho em estudos de malária com a componente epidemiológica, num período de 2 a 3 anos;

·         Conhecimento de sistema/plataformas demográficas;

·         Entusiasmo pela aplicação de métodos de investigação para resolver problemas de saúde no país e gosto pela literatura científica;

·         Interesse pela área de pesquisa biomédica com enfoque para malária;

·         Experiência em programação e/ou trabalho com plataformas de vigilância (ex. DHIS2), ferramentas de recolha de dados (ex. ODK) e/ou aplicações de visualização de dados;

·         Experiência de trabalho em ambientes de elevada pressão, orientados para a produtividade;

·         Experiência de vida ou trabalho em ambientes com recursos limitados ou áreas rurais;

Fluência nas línguas locais, Portugues e inglesh.

 

 

Funções

 Liderar os processos de planificação, implementação e monitoria dos componentes epidemiológicos dos estudos de vigilância molecular da malária e outros afins;

·         Coordenar com as ciências sociais sempre que possível a disseminação dos objectivos do estudo e os critérios para adesão;

·         Prestar apoio logístico e administrativo nas actividades de engajamento nas comunidades ou sites de estudo;

·         Apoiar no controlo e resolução de qualquer não-conformidade nas plataformas de gestão de dados e laboratorial;

·         Prover periodicamente os dados actualizados dos recrutamentos;

·         Apoiar na compilação dos relatórios de recrutamento, registo de entrada de amostras no sistema de gestão (p.e SERVOLAB, REDCAP) e verificar se não há perdas de amostras;

  • Assegurar a disponibilidade dos documentos necessários para o funcionamento do estudo;
  • Fazer a solicitação e gestão de material para as actividades de campo;
  • Apoiar no desenvolvimento e implementação de todo o projecto, de acordo com a estratégia definida, dentro do croonograma definido;
  • Trabalhar juntamente com a equipe de coordenação de actividades de campo (Investigadores, Assistente de pesquisa e de Projecto) no desenho, implementação e monitoramento das actividades com a compondente epidemiológica de malária;

·     Supervisionar a implementação de projectos analíticos relacionados com a epidemiologia, intervenção e vigilância da malária (gestão de dados, análises espaciais e cartográficas, interpretação de dados, etc.);

·   Supervisionar a concepção, implementação, análise e divulgação de projectos de investigação operacionais relacionados com a vigilância molecular da malária;

·   Gerir e supervisionar todas actividades de campo de relacionadas com os estudos de vigilância molecular da malária e outros afins;

·         Treinar e supervisionar o pessoal clínico, trabalhadores de campo nas actividades de recrutamento de participantes, recolha de dados, colheita e acondicionamento de amostras;

·         Registar e propor acções correctivas das incidências nas actividades de campo;

·    Supervisionar o pessoal clínico e os trabalhadores de campo na recolha de dados com tablets ou formulários físicos;

·         Assegurar e garantir a qualidade de dados e amostras colhidas no âmbito do estudo;

·   Assegurar um funcionamento eficiente do circuito de dados, desde a recolha, revisão, upload, limpeza/edição na plataforma de gestão de dados;

 

·   Garantir a qualidade dos mesmos (dados), monitorar o fluxograma dos dados e resultados dos participantes do estudo;

·         Elaborar relatório do progresso das actividades no campo;

·         Efectuar visitas de avaliação e reconhecimento da área de estudo.

  •      Apoiar o Assistente de projecto e de pesquisa na limpeza/edição em REDCap e resolver “queries” semanalmente de modo a não acumular erros na base de dados;
  •          Fazer a revisão dos Consentimentos informados, inquéritos, folhas de requisição, folhas de monitoria e folhas de resultados;
  •         Gerir e desenvolver recursos e melhores práticas para partilhar lições entre equipas;
  •          Sintetizar e divulgar resultados através de apresentações, relatórios e publicações de alta qualidade;
  •            Planificação das actividades de campo seguindo o cronograma do estudo;
  •              Organizar, limpar e integrar conjuntos de dados;
  •           Realizar análises estatísticas com os diferentes pacotes estatísticos (R, SPSS, EpiInfo,etc);
  •           Desenvolver e interpretar mapas e estratificações de risco de malária;
  •           Participar no desenho de estudos epidemiológicos e na identificação de ferramentas para a recolha e análise de dados epidemiológicos;
  •            Analisar e interpretar os dados epidemiológicos;
  •            Conceber e implementar actividades de monitorização e avaliação do estudo;

  •                   Rever e assegurar directrizes de vigilância e análise de alta qualidade.

        Participar noutras tarefas requeridas pelo seu superior e que sejam compatíveis com a sua formação acadêmica e profissional.

 

Benefícios

Nenhum beneficio 




VAGA FECHADA


Esta vaga já não se encontra disponível

Foram contactados apenas os candidatos pré-seleccionados para a entrevista.